Queda da taxa selic, o que acontece no mercado imobiliário

– Quando a taxa Selic estava em 13,75% ao ano, a taxa média de juros nas operações de crédito mais comuns estava em 126,2% ao ano em julho. Com a queda da Selic, espera-se que essa taxa de juros também seja reduzida, o que pode beneficiar os consumidores interessados em financiamentos imobiliários.

– A redução da taxa Selic tem empolgado os agentes do mercado imobiliário. O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central anunciou que a taxa básica de juros caiu de 13,75% ao ano para 13,25%.
– A previsão do Copom é que a taxa Selic continue em queda, o que pode estimular o mercado imobiliário. Isso beneficia os financiamentos para aquisição de imóveis.
– Quando a taxa Selic estava em 2% ao ano, os bancos cobravam uma taxa de juros mais baixa para financiamentos imobiliários. Portanto, é importante considerar se vale a pena financiar um imóvel antes da queda de juros.
– A taxa Selic em 13,75% ao ano impacta o número de lançamentos no mercado imobiliário. A expectativa é que os lançamentos de 2023 se concentrem no mercado considerado mais seguro.

– A projeção anterior do Boletim Focus indicava que a taxa Selic poderia chegar a 12% até o final de 2023, o que pode abrir novas oportunidades no mercado imobiliário.

Deixe um Comentário